• Contador terá que reportar irregularidades a partir do ano que vem

Contador terá que reportar irregularidades a partir do ano que vem

17 novembro 2016

A partir de julho de 2017, o Brasil deve adotar uma nova norma internacional que obriga contadores e auditores independentes a comunicar às autoridades competentes quando descobrirem, no exercício de suas funções, desvios de leis e regulamentos, como práticas de corrupção, lavagem de dinheiro e determinação deliberada de não pagar impostos.

De acordo o presidente do Instituto dos Auditores Independentes do Brasil (Ibracon), Idésio Coelho, está em fase de tradução a norma “Noclar” (não conformidade com leis e regulações, na sigla em inglês). O objetivo é trazer maior responsabilidade para preparação das demonstrações contábeis, permitindo ao profissional reportar uma irregularidade ou suspeita de irregularidades aos órgãos competentes.

Para os auditores independentes, atualmente, a norma prevê que em casos de irregularidade sem ações corretivas por parte da administração, reportem aos órgãos reguladores, e a orientação é a quebra de contrato, já para os contadores será um grande desafio visto que normalmente são funcionários da empresa.

Segundo Coelho: “há ainda detalhes que precisam ser definidos para a efetivação da norma, como qual será a autoridade competente a qual o profissional deverá se reportar.”

“A norma é internacional e não detalha isso, então estamos discutindo com Ministério Público, com a CVM (Comissão de Valores Mobiliários)”, completa Coelho

Fonte:Valor Econômico  

 

Beatriz Araujo

Bruno Hatadani